Pousada da Cachoeira
Equilíbrio

Fique atento: novas regras para reforma

  1. Home
  2. Fique atento: novas regras para reforma
Faça uma cotação
Salvar
Se você já fez uma reforma em casa, sabe o quanto ela dá trabalho. É dor de cabeça com cotação de fornecedores, sujeira para todo lado, muitos custos, além de não ter tranquilidade dentro de casa por um bom tempo. Mas, além do trabalho básico causado pela obra, agora será preciso se preocupar com algo amais: o rigor técnico da reforma.

novas regras para reforma

A partir do dia 18 de abril, qualquer reforma realizada em apartamento deverá ser analisada por um responsável técnico antes de acontecer, seja ele um engenheiro ou arquiteto. Ainda que seja uma pequena obra, ela precisará de um laudo assinado pelo profissional, que deverá ser entregue ao síndico do prédio, pessoa responsável por autorizar ou não o trabalho.

Isso significa que, a partir do dia 18, se você quiser fazer uma pintura dentro do apartamento, terá de passar por esse procedimento. Assim como para mudanças mais complexas, como, por exemplo, instalar um ar-condicionado. Todo esse processo será necessário a partir desta data por conta da NBR 16.280, uma norma estabelecida pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que vale para prédios novos e antigos em estabelecimentos comerciais e residenciais.

reforma da casaVocê está pronto para contatar um arquiteto de confiança?


Mas, a mudança, que pode afetar a muitos, não é à toa. Ela visa garantir a segurança das pessoas que moram no prédio em questão e até mesmo de quem está ao redor dele. Quem não se lembra, por exemplo, do caso do edifício Liberdade, no Rio de Janeiro? Ele desabou enquanto passava por uma reforma levando duas construções vizinhas consigo, além de matar 17 pessoas. Ou seja, a questão é bastante séria.

O complicado é que a norma vai pesar no bolso do morador, que precisará arcar com os custos do responsável técnico. Ah, vale lembrar que não vale aquele profissional “faz-tudo” super competente, um pedreiro, por exemplo, capaz de cuidar de várias coisas em nossa reforma. Pois, não se trata de um responsável técnico que pode assinar um laudo.

reforma da casa regras

 Lembre-se: não poderemos mais contar apenas com a ajuda do pedreiro


Sendo assim, reunimos algumas dicas rápidas para você ficar atento a como ter menos problemas e não deixar de lado as novas regras para reforma. Olha só:

1. Faça um bom planejamento pessoal

A reforma sempre atende a um sonho, desejo ou objetivo do morador. Cuidado para não perceber que “não era bem isso que eu queria” depois que tudo estiver acontecendo. Mudanças de rotas, nesse caso, costumam gerar mais custos e prolongar a reforma.

2. Cote vários fornecedores

Esse não é um trabalho legal de ser feito. Afinal, dá trabalho pedir orçamentos a várias empresas diferentes. Porém, faça um esforço. Você pode descobrir que é possível economizar muito mais do que esperava.

3. Sim, o responsável técnico pode ajudar

De fato, apesar do custo extra, um engenheiro, arquiteto ou outro profissional da área realmente pode ser útil à sua obra. A visão dele identifica pontos que nos passam despercebidos, e que podem ser cruciais. Por isso, não se incomode de escutá-lo (e pagar por isso).

regras reforma da casa

 A partir de agora, até mesmo a pintura interna da casa precisa de autorização técnica


E você, já lidou com alguma reforma? Onde foram suas principais dores de cabeça? Compartilhe com a gente aqui embaixo nos comentários e vamos trocar experiências!
Desenvolvido em parceria com Agência WebSocorro Agência WebSocorro

Erros foram encontrados

Abrir modal de erros